Saltar navegación principal
Estás em: Home>Certificação>Alimentação>ISO 22000 Segurança Alimentar
Sistemas de Gestão ISO 22000
Sistemas de gestión de la inocuidad de los alimentos UNE-EN ISO 22000

Sistemas de Gestão ISO 22000

Alimentos seguros, uma responsabilidade de todos

A nova Norma UNE-EN ISO 22000: 2018 especifica os requisitos que um sistema de gestão deve cumprir para garantir a inocuidade dos alimentos ao longo de toda a cadeia alimentar até ao ponto de venda como de consumo final.

Devido à publicação da nova versão da ISO 22000, as organizações certificadas de acordo com esta norma dispõem de um período de 3 anos para adaptar os seus certificados aos requisitos da nova versão.

São quatro as principais linhas nas quais se focam as alterações mais relevantes da nova versão de 2018:

  • Adaptação à estrutura de Alto Nível, comum às normas de gestão ISO (ISO 9001, ISO 14001, ISO 45001...) para facilitar a integração com outros sistemas de gestão.
  • Nova abordagem baseada em riscos em 2 níveis: gestão de riscos da organização (finanças, produtividade, partes interessadas, etc.) e abordagem baseada em riscos no âmbito operacional do sistema APPCC.
  • Alteração e esclarecimento de requisitos relacionados com a versão atual (comunicação, gestão de emergências, seleção das medidas de controlo, plano de controlo de Pontos de Controlo Crítico PCC e de Programas de Pré-requisitos PPR ou validação das medidas de controlo).
  • Ciclo PDCA de melhoria contínua. Dois ciclos PDCA que funcionam conjuntamente, um que cobre o sistema de gestão e outro os princípios do APPCC.
Objetivos:
  • Reforçar a segurança alimentar.
  • Incentivar a cooperação entre todas as partes envolvidas na cadeia alimentar, os governos nacionais e organismos multinacionais.
  • Garantir a proteção do consumidor e fortalecer a sua confiança.
  • Estabelecer requisitos de referência "elementos-chave" para os sistemas de gestão da segurança alimentar.
  • Melhorar o rendimento dos custos ao longo da cadeia de abastecimento alimentar.

Benefícios:

  • Facilita o cumprimento da legislação aplicável.
  • Integra os princípios do APPCC num sistema de gestão da organização graças à sua estrutura de Alto Nível (HLS) baseada na gestão de riscos.
  • Baseia-se no ciclo de melhoria contínua PDCA (Planear, Fazer, Verificar, Agir).
  • Proporciona uma comunicação organizada e eficaz, com todas as partes interessadas.
  • Proporciona confiança aos consumidores.
  • Melhora a documentação.
  • Controlo mais eficaz e dinâmico dos riscos para a segurança alimentar.
  • Gestão sistemática dos requisitos prévios.
  • Poupança de tempo e custos, ao efetuar as auditorias da ISO 22000 juntamente com outros esquemas de Segurança Alimentar (FSSC, BRC, IFS).
  • Além disso, com uma implementação adequada da ISO 22000 e da ISO 9000 dá-se resposta aos requisitos exigidos pelos protocolos privados BRC e IFS. 

A norma ISO 22000 é dirigida a qualquer tipo de organização da cadeia alimentar, independentemente do seu tamanho e complexidade, que procura uma gestão integrada e coerente da inocuidade dos alimentos, para além dos requisitos estabelecidos pela legislação.

A sua organização obtém o certificado e licença de utilização da marca da AENOR de Sistemas de Gestão da Inocuidade dos Alimentos e certificado e licença de utilização da marca do IQNET.

Além disso, as organizações com sistemas de gestão certificados pela AENOR dispõem de acesso gratuito à AENORnet e subscrição da revista mensal UNE.

Devido à sua estrutura baseada na gestão de riscos, a certificação ISO 22000 pode ser integrada com a UNE-EN ISO 9001 , bem como qualquer norma de segurança alimentar: FSSC, BRC, IFS , etc.

Marca AENOR de Seguridad Alimentaria  UNE-EN ISO 22000

Marca AENOR de Segurança Alimentar
UNE-EN ISO 22000

​ 
Marca IQNet  MANAGEMENT SYSTEM

Marca IQNet
MANAGEMENT SYSTEM​

​ 
 ​

A AENOR está credenciada pela ENAC com base na Norma UNE-EN ISO 17021 desde 2008 .